Logo Condepe Histórico

A Agência Condepe/Fidem teve a sua criação formalizada pela Lei Complementar nº 049, de 31 de janeiro de 2003, durante a segunda gestão do Governo Jarbas Vasconcelos, a partir da extinção da Fundação de Desenvolvimento Municipal - Fidem e do Instituto de Planejamento de Pernambuco - Condepe.

A Fidem era o órgão promotor de desenvolvimento municipal e metropolitano, em decorrência de uma fusão institucional formalizada em 30 de março de 1999, que incorporou à antiga Fundação de Desenvolvimento da Região Metropolitana do Recife (Fidem) a Fundação de Desenvolvimento do Interior de Pernambuco (Fiam). Sempre com o objetivo de alavancar o desenvolvimento municipal no contexto regional, através do Programa Governo nos Municípios, a extinta Fidem executou, entre outras ações, a Política de Descentralização das Ações do Governo, com vistas à regionalização do Planejamento e à gestão das funções públicas de interesse comum.

O Condepe era o órgão oficial da estatística do Governo de Pernambuco, desempenhando um papel estratégico na elaboração de políticas públicas para o Estado, trabalhou sobre toda a malha socioeconômica e seus principais indicadores do Estado e da Região. Sua atuação foi a de provedor de informações de Pernambuco.

Inicialmente voltado para questões estritamente econômicas, sobretudo referentes à industrialização, o Condepe sofreu várias transformações, incorporando às suas abordagens uma visão mais urbanística. No transcorrer de 50 anos foram elaborados vários trabalhos que fizeram com que o Órgão se tornasse referência em estudos e pesquisas, mostrando um vasto conhecimento sobre o Estado, seus problemas e suas potencialidades.

A Agência Condepe/Fidem, ao ser criada, incorporou as funções dos extintos órgãos, com uma nova concepção de funcionamento e de estruturação e apoiado num um novo modelo gerencial descentralizado e com foco em resultados.