Notícias

CONDEPE/FIDEM PRESERVA MEMÓRIA MUNICIPAL HÁ 45 ANOS

/image/journal/article?img_id=68282832&t=1629125847643

Publicada em: 16 / 08 / 2021

 

O Centro de Estudos de História Municipal  - CEHM da Agência Estadual de Planejamento e Pesquisas de Pernambuco – Condepe/Fidem completou 45 anos de existência no último dia 14.

 

O CEHM/Condepe/Fidem congrega historiadores, memorialistas e historiógrafos municipais, apoiando-os especialmente na publicação de seus escritos.  Em seu acervo editorial foram publicados 123 volumes livros, doze revistas e um CD contendo a obra completa da História da Imprensa de Pernambuco, volumes de I ao XIV (de Luiz do Nascimento).

 

Esta é a principal missão do CEHM/Condepe/Fidem, enfatiza a presidente da Agência da instituição, Sheilla Pincovsky, preservar a memória municipal, estimulando os associados a registrarem fatos e informações histórico-culturais dos municípios pernambucanos. “Este trabalho é modelo para outros Estados. A tarefa permite a estudantes e a  quem mais se interessar pelo tema, a possibilidade de conhecer as histórias das cidades e como se desenvolveram ao longo dos anos. Com isso, garantem  a memória do Estado para as futuras gerações”, ressaltou a presidente.

 

 

O centro foi fundado em 1976, dentro da estrutura organizacional da Fundação de Desenvolvimento Municipal do Interior de Pernambuco - Fiam, e em 1999, passou a integrar a Fundação de Desenvolvimento Municipal - Fidem, sendo incorporada posteriormente à Agência Condepe/Fidem.  

 

Para o coordenador do CEHM/Condepe/Fidem, Miguel Meira, é importante registrar os associados responsáveis pela sua fundação, entre eles, José Aragão Bezerra Cavalcanti, Olímpio Bonald Neto, Vanildo Bezerra Cavalcanti, João Pereira Callado, Alfredo Schmalz, José da Costa Porto, Luiz Wilson de Sá Ferraz, Nelson Barbalho de Siqueira e Renan Pimenta, que sob o comando de José Luiz Marques Delgado, Paulo Roberto de Barros e Silva e Luiz Otávio Cavalcanti (presidente da Fiam e secretário de Planejamento à época), que concretizaram este sonho.

 

“Todo este trabalho só aconteceu graças a persistência e forças dos historiadores, pesquisadores e amantes da história, de maneira voluntária, que com suas contribuições escritas ou participativa na entidade possibilitam a sua continuidade”, diz o coordenador. O professor Luiz Delgado afirmou que “a grande história não teria sido escrita se não fossem os depoimentos dos historiadores locais escrevendo as pequenas histórias que dão lastros às grandes interpretações”.

 

PUBLICAÇÕES –

 as edições do CEHM/Condepe/Fidem estão distribuídas em cinco coleções editoriais: Biblioteca Pernambucana de História Municipal,  Tempo Municipal,  Documentos Históricos Municipais,  Cronologia Pernambucana  e História da Imprensa de Pernambuco,  além do periódico, a revista de História Municipal.