Notícias

PIB pernambucano cresceu entre abril e maio (2,3%), diz boletim da Condepe/Fidem

/image/journal/article?img_id=67072273&t=1626874950387

Publicada em: 21 / 07 / 2021

O boletim Mensal do Produto Interno Bruto (PIB) do estado, divulgado pela Agência Estadual de Planejamento e Pesquisas de Pernambuco (Condepe/Fidem),  mostra que entre abril/maio houve um crescimento de 2,3%, na série com ajuste sazonal.  Na comparação com igual mês do ano anterior, o crescimento do  PIB foi  de 11,5%.
 
Esses resultados demonstram que a economia pernambucana se mantém em recuperação, apresentando no acumulado do ano a variação  de 5,6%, e no acumulado de 12 meses o PIB registrou crescimenro de 2,2%.
 
O PIB é composto pela soma de três segmentos: a agropecuária que registrou um ligeiro resultado negativo (-1,1%), entre maio e abril, crescendo 4,2% em relação a maio de 2020 e 10,1% no acumulado janeiro-maio/2021; Nos mesmos comparativos, a indústria registrou crescimento de 2,7%, o destaque na recuperação de 35,0% em relação a maio/2021, resultando no acumulado anual crescimento de 17,3%; o setor de Serviços  apresentou importante crescimento nos três primeiros comparativos, com 2,0%, 6,7% e 2,4%  "Considerando que foi o setor mais impactado pela Pandemia do Covid-19 e, por ser o de maior peso na economia estadual, o fato representa um bom sinal", comenta o diretor de Estudos e Pesquisas da Agência Condepe/Fidem. 
 
O diretor lembra que, por sua característica de indicador de curto prazo, as estimativas do boletim do PIB mensal estão sujeitas a revisões mensais.